Kaffa / Centralmed: parceria e confiança nos serviços de SST desde 2015

A exigência e o acompanhamento em matéria de Saúde e Segurança no Trabalho (SST) era um ponto fulcral para a Kaffa, que só foi possível colmatar quando começou a trabalhar com a Centralmed, desde 2015. A relação foi-se construindo ao longo do tempo, os serviços foram também aumentando, sempre numa parceria que permite, hoje, dizer que a Kaffa tem uma cultura de segurança no trabalho.

O que é a Kaffa e qual era o seu desafio?

A cápsula de café portuguesa. É assim que a Kaffa se apresenta, mostrando o ADN desta empresa que fornece cápsulas de café onde se guardam aromas, sabores e texturas únicas desta que é a bebida social favorita dos portugueses. Não revela receitas, mas reconhece abertamente que um dos segredos por detrás das cápsulas de café Kaffa está nas pessoas que formam a empresa. 

Ficha do cliente

E era, precisamente, numa das componentes de gestão das pessoas que a Kaffa sentia, mesmo trabalhando com uma empresa especializada, falta de acompanhamento nas áreas de medicina do trabalho, segurança no trabalho e formação.

Quando, em 2015, iniciaram o contrato com a Centralmed, os serviços eram manifestamente insuficientes, tendo em conta a dimensão e exigência da empresa. “Temos um elevado grau de exigência e queríamos mais acompanhamento, que a empresa não conseguia dar. Embora já existisse uma cultura de segurança e documentação neste âmbito — por exemplo, instruções escritas, fichas de prevenção de riscos, etc. —, estas precisavam de ser revistas e adaptadas à dimensão e às alterações da empresa”, explica Maria Gabriela Madeira, Chief Operating Officer (COO) da Kaffa.

Kaffa Centralmed

Qual foi a solução encontrada pela Kaffa?

Ficou, então, bem claro que era preciso encontrar uma empresa de Saúde e Segurança no Trabalho com o mesmo nível de exigência, capaz de trabalhar em parceria para construir uma cultura de segurança e dinamizar esta área internamente. Perfil que foi encontrado na Centralmed.

Juntas, a Kaffa e a Centralmed começaram a trabalhar com o objetivo comum de minimizar os riscos e manter a segurança dos trabalhadores, mas também de consciencializá-los dos riscos profissionais a que estão expostos. Várias foram as soluções implementadas:

  • Reforço no acompanhamento de segurança no trabalho, bem como na formação de SST;
  • Avaliação de riscos de cada função e de acordo com uma metodologia criada em conjunto com a Kaffa;
  • Adequação e atualização de procedimentos adaptados ao trabalho que cada um executa;
  • Análise cuidada de todos os acidentes de trabalho e investimento na alteração de procedimentos consoante a ocorrência;
  • Reforço da formação/informação aos acidentados;
  • Atualização de documentação na área de segurança – fichas de prevenção de riscos profissionais;
  • Dinâmica de ginástica laboral na empresa;
  • Adequação de EPC e EPI;
  • Cumprimento legal no âmbito de SST;
  • Dinamização interna da segurança no trabalho.

A Centralmed é uma empresa que, em matéria de SST, acompanha a complexidade, evolução de negócio e dinâmica de trabalho da empresa. Além disso, possui know how que permite solucionar os novos desafios nesta matéria."

Quais foram os resultados alcançados?

Passados mais de seis anos, os resultados estão certamente à vista. “Fruto deste trabalho, conseguimos um aumento da formação dos trabalhadores, uma diminuição dos índices de sinistralidade, uma maior participação dos trabalhadores nesta área e um maior fortalecimento da cultura de segurança no trabalho, com o apoio crescente da Técnica de ST Cátia Figueiredo”, salienta a COO da Kaffa.

Entre 2020 e 2021, o número de formações aos colaboradores aumentou em cerca de 155,6%, os acidentes de trabalho tiveram uma redução de 37,5%, e o número de dias de ausência no posto de trabalho pelos colaboradores devido a acidentes de trabalho é 18 vezes inferior.

Entre 2020 e 2021, a Kaffa registou ...
+ 0 %
Formações aos colaboradores
- 0 %
Acidentes de trabalho
0 x
Menos dias de ausência por acidentes de trabalho

Este foi o resultado de uma relação que se foi construindo ao longo do tempo e que permitiu ir alargando o âmbito, por exemplo, do plano de prevenção e controlo da Legionella, da medição das vibrações e das poeiras, da avaliação de riscos psicossociais e continuar a medição dos fatores de riscos para a saúde, como iluminação, ruído laboral ou acompanhamento na consulta aos trabalhadores.

“Isso permitiu-nos manter o controlo dos fatores de risco e atuar em conformidade, pelos inputs da segurança no trabalho, com o aconselhamento na implementação de medidas preventivas e corretivas”, frisa Maria Gabriela Madeira, assegurando que trabalhar com a Centralmed faz toda a diferença.

“A Centralmed é uma empresa que, em matéria de SST, acompanha a complexidade, evolução de negócio e dinâmica de trabalho da nossa organização. Além disso, possui know how que permite solucionar os novos desafios nesta matéria”, realça igualmente a responsável da Kaffa, destacando como ponto muito positivo a relação criada entre a empresa e a técnica de segurança no trabalho da Centralmed. Como tal, conclui, “sentimo-nos tranquilos neste âmbito.”

Partilhar
Podemos ajudar?
Se pretender deixe-nos os seus dados para entrarmos em contacto.